Nosso Blog "Tribuna dos Vales" foi criado em 13 de novembro de 2016 e tem por missão fazer a difusão das lutas, conquistas, reivindicações, história e realizações dos municípios que compõem os Vales do Acaraú, Coreaú e Aracatiaçu (Importantes Rios da Região Noroeste do Ceará), bem como as principais notícias que marcaram o Ceará, o Brasil e o Mundo.Estamos presentes em mais de 30 países e nos cinco continentes. Agradecemos a sua fidelidade e a credibilidade confiada em nosso humilde trabalho.

Total de visualizações de página

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

TST divulga edital com 52 vagas para concurso público de nível médio e superior com salários de R$ 6,7 a R$ 10,4 mil


O edital do concurso público para provimento de cargos do quadro permanente de pessoal de Tribunal Superior do Trabalho (TST) e formação de cadastro de reserva foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (10). São ao todo 52 vagas, distribuídas em seis carreiras de nível superior e três de nível médio. As inscrições serão abertas dia 17 e poderão ser realizadas até as 14h do dia 22 de setembro. As provas estão marcadas para o dia 19 do próximo mês, em Brasília.
Para concorrer a uma das vagas, o candidato deve ser brasileiro nato ou naturalizado ou português em condição de igualdade de direitos com os brasileiros, ter no mínimo 18 anos, estar em dia com as obrigações eleitorais e do Serviço Militar (para candidatos do sexo masculino), estar no pleno gozo dos direitos políticos e cumprir as demais exigências da Lei 8.112/90 (Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civis da União), entre outros requisitos.
Vagas - As vagas para o cargo de analista judiciário (nível superior) estão divididas entre as áreas administrativa, judiciária, análise de sistemas, contabilidade, suporte em TI e taquigrafia. A remuneração inicial é de R$ 10.461,90, e a taxa de inscrição é de R$ 120.
Para o nível médio, há 22 vagas para técnico judiciário da área administrativa, que não exige formação específica; duas para a área de segurança judiciária (para quem possui carteira nacional de habilitação categorias D ou E); e 17 para a especialidade de programação (além do diploma do ensino médio, é necessário curso de programação com no mínimo 120 horas/aula, ou curso técnico na área de informática em instituição reconhecida pelo MEC).
A remuneração inicial é de R$ 6.376,41, e a taxa de inscrição é de R$ 80. Há vagas reservadas para negros e para pessoas com deficiências, nos termos legais.
Inscrições - As inscrições, de 17/8 a 22/9, devem ser feitas exclusivamente pela Internet, no site da Fundação Carlos Chagas (AQUI), responsável pelo certame. A taxa de inscrição deve ser paga até 22 de setembro por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU) gerada no site da FCC e pagável em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios.

Confira AQUI a leia a íntegra do Edital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário